Publicado por: Alex Lobo | 20/10/2011

Mistério do Homicídio da Garota de Programa em Aparaceida de Goiania

Com o caso após a um pouco mais de um ano do Falecimento da Garota de Programa de Iris Julia Barreto Rodrigues Vieira, quando seu corpo foi encontra em um campo de golfe dentro de um condomínio horizontal, às Margens da GO-020, saída para a cidade de Bela Vista de Goiânia.
Iris Julia Barreto foi cruelmente executada com seis tiros, sendo quatro tiros no rosto, e um deles no olho esquerdo. Na época Iris que trabalhava na casa de Eventos Real Privê, dividia quarto com então suspeita de seu assassinato Rhenata Xavier Alves, que como mandante do crime, juntamente com mais três acusados, Jean Radson Amaral de Oliveira, Clayton dos Santos da Silva e Paulo Fernando Ramos.
Segundo trabalho de investigação da Polícia, Iris Julia era a garota top atração da boate e que cobrava por cada programa cerca de R$ 4.700,00 por programa. Rhenata que vivia com Iris no mesmo quarto, afogada de inveja, dividia uma conta bancária com Iris Julia por um tempo determinado, segundo sua versão o motivo que levou a desavença com Iris foi uma possível discussão de valores, que Rhenata queria retirar o seu dinheiro da Conta de Iris, embora alegando um valor que não concordasse!
No dia do Fato, segundo depoimento de Rhenata, contatou 3 (três) rapazes para fazer um programa, a principio Iris Julia teria recusado o convite, embora não faz qualquer programa, mas com muita insistência da amiga resolveu fazer o programa. A vítima pegou um taxi até Aparecida de Goiânia, onde se encontrou com Rhenata, onde a mesma, alegou que o programa seria numa Chácara. Segunda a acusada, Iris teria desconfiado do Programa.
Reunidos em um posto próximo da localidade, as duas garotas de programa com mais três rapazes, embarcaram num veículo Renault Megane preto, placa NLU 8347, roubado em maio, e tomaram direção para a cidade de Bela Vista – Go. Todos foram juntos no mesmo veículo até o campo de Golfe, quando desceram do carro, a vítima teria dito a amiga que elas seriam assaltadas. Os cinco seguiram para o campo de Golfe onde Jean executou os disparos, com uma arma calibre 38, que foi fornecido por Paulo Fernando.
Segundo informações do inquérito, Rhenata teria combinado para pagar R$ 2.500 aos três rapazes pela execução do crime.
A polícia teria chegado aos suspeitos um pouco mais de um mês de investigação, depois de ter a informação que houve uma movimentação na conta bancária de Iris Julia, onde foram efetuados dois saques em um shopping na cidade de Turvânia – Go, no valor de R$ 800,00, onde morada o ex-marido de Rhenata com seus dois filhos. Foi tentado um quarto saque, mas a família da vítima já tinha bloqueado a conta bancária.
Foi então quando a policia direcionou as investigações para os saques realizados em Turvâinia (Go), onde o Shopping colaborou decisivamente em fornecer as imagens da gravação, que onde mostraram Renhata pagando a conta do táxi. Depois da prisão do ex-marido em Manaus, Rhenata resolveu voltar escondida para Goiânia, onde foi finalmente presa, e consequentemente entregando os seus comparsas.
No dia 05 de Outubro de 2010, após dada a denúncia pelo Ministério Público, foi decretada a prisão preventiva de Rhenata, Jean, Clayton e Paulo no qual aguardam ainda pelo resultado da condenação do processo criminal.

About these ads

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 5.004 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: